terça-feira, 21 de julho de 2009

Primeiro dia na academia

E lá fui eu, descendo a ladeira, de mochilinha nova nas costas, toda cocota. Tava me sentindo uma adolescente indo pro cursinho pré-universitário, kkkkkkkk.

Como eu previa, rolou aquele pequeno constrangimento do primeiro dia, todo mundo te olhando, você meio perdida, sem graça, aiai, detesto isso.

A academia é pebinha, super simples, e o coitado do instrutor teve que se dividir pra 90439349384 pessoas, mas ainda assim ele foi bastante atencioso comigo. Ponto pra ele! Até me fez decidir em malhar a noite, antes do trampo do que pela manhã (pq o instrutor da manhã fala "a gente estamos", "vou te amostrar" , é demais pra mim viu!)

Sei que só fiz um pouco de bike, esteira e umas abdominais, e ainda assim as minhas dores nas costas já melhoraram 90%. Tomei meu banho por lá mesmo, me troquei, comi alguma coisa na padaria próxima (pulemos essa parte) e fui pro trampo. Juro que trabalhei muito mais disposta e nem senti tanto sono, até comentaram isso comigo, hehe.


Hoje tem mais!!!

3 comentários:

Alice disse...

Parabéns! Não perca esta motivação!

E daqui a pouco, você faz amizade com o pessoal da academia, vai ser legal...

Quer uma dica: procure uma moça gordinha, que esteja sozinha, e puxe papo! Geralmente, quem está acima do peso, fica com vergonha, e acaba desistindo. Se você fizer amizade, vai ajudar você e a outra pessoa.

Bjs

Celina disse...

Ui, esses erros grotescos portuguesisticos (kkkkkkkkkkkk) são dose. Escuto várias pérolas dessas todos os dias (a gente truce sora; eba, cheguemo, são alguns exemplos).
Amiga tu tá linda. Amei a foto!
Bjos

Aline Satiko disse...

A academia deixa a gente super bem disposta! e quanto ao instrutor, aff!!!
Não dou conta desse português... só rindo mesmo!!! kkk
bjs